Arquivo da tag: exame retina

OLHO_DESTACADA_01

Entenda melhor como funciona a retina

Para entender melhor o olho humano e sua maravilhosa complexidade, talvez fique mais fácil falar de uma invenção inspirada justamente pela visão: a máquina fotográfica.

A retina, por exemplo, tem a mesma função do filme fotográfico. Ou seja, é nela que a imagem captada é registrada, decodificada e enviada ao cérebro. Localizada na parte de trás do olho, a retina tem milhões de células fotorreceptoras, cuja função é justamente transformar as ondas luminosas em imagens.

Uma das regiões mais nobres da retina, e a mais rica em células fotorreceptoras, é a mácula, responsável por distinguir detalhes no meio do campo visual. É por isso que pacientes com degeneração macular têm dificuldades justamente com a visão central.

Se a retina é como o filme fotográfico, as lentes desta “câmera” são a córnea e o cristalino. Eles são responsáveis pela convergência das ondas luminosas. A córnea fica na parte externa do olho, enquanto o cristalino fica na parte interna, logo atrás da pupila.

Por falar em pupila, é ela, juntamente com a íris, a responsável por regular a quantidade de luz que passa pelo olho. Para ser mais preciso, a pupila é o ponto escuro que fica no centro do nosso olho, enquanto a íris é a parte colorida que fica ao redor.

exame

Faça a autoavaliação da Mácula

A autoavaliação da mácula é realizada através do uso da Tela de Amsler. Para isso, siga os passos a seguir.

  • Coloque os óculos para perto, caso use.
  • Feche o olho esquerdo com a palma da mão.
  • Olhe na tela com o olho direito e fixe o olhar no ponto central. Verifique se as grades estão tortas, se há mancha ou se falta uma parte da tela.
  • Repita o teste tampando o olho direito e mantendo o esquerdo aberto.

Vamos ao teste:
DMRI_test1

As imagens abaixo representam a visão que um portador de alteração na mácula terá da Tela de Amsler. Caso você veja algo semelhante a essas imagens, consulte seu oftalmologista.

Captura de Tela 2013-10-16 às 22.18.24

Referências

1 – Kara-José N; Oliveira RC: Olhos. São Paulo: Contexto,2001. (Coleção Conhecer & Enfrentar).
2 – Ávila M.;Isaac DLG: Terapia Fotodinâmica em DMRI. In: Universo Visual. Disponível em: http://www.universovisual.com.br/publisher/preview.php?edicao=0203&id_mat=22