Home

Diabéticos devem visitar o retinólogo com regularidade

A visita a um retinólogo, o médico oftalmologista especialista em retina, é uma das medidas mais importantes a serem tomadas por quem tem o diabetes. Afinal, doenças na retina, como a retinopatia diabética e o edema macular diabético, são muito frequentes tanto para portadores de diabetes tipo 1, quanto de diabetes tipo 2.

Acredita-se que até 90% dos pacientes do tipo 1, e até 60% do tipo 2, desenvolvam algum nível de retinopatia ao longo da vida.

A retina é a parte de trás do olho, onde são registradas as imagens. No centro da retina está a mácula, uma região “nobre”, na qual se processam as cores e a visão central.

Problemas sérios nesta região podem levar à cegueira se não forem diagnosticados precocemente. Na retinopatia diabética, o aumento do nível de açúcar no sangue provoca lesões nos pequenos vasos sanguíneos que irrigam a retina.  Com o tempo, os vasos podem se romper, levando ao descolamento da retina e à perda da visão.

Para complicar, a retinopatia costuma ser uma doença silenciosa, que não produz sintomas claros. A visão embaçada ou o surgimento de pontos escuros costumam ser relatados, mas o ideal é descobrir a retinopatia antes mesmo de estes sintomas aparecerem.

Já no edema macular diabético, que é uma consequência da retinopatia,  ocorre um acúmulo de líquido nos vasos sanguíneos e o depósito de proteína na região da mácula. Com isso, ocorre um inchaço na retina, o que leva à perda na qualidade da visão central. Se não tratado em tempo, o edema macular também pode levar à cegueira.

Por isso, a visita regular ao oftalmologista especialista em retina é fundamental para todo diabético – em especial para aqueles que já convivem com a doença há mais tempo. O mesmo vale para as gestantes diabéticas, que devem fazer a consulta a cada trimestre da gravidez.

Para se precaver da retinopatia diabética e do edema macular, vale a mesma regra para todo paciente de diabetes. Adote hábitos de vida saudáveis, com alimentação balanceada e exercícios físicos, abandone o cigarro e tome a medicação recomendada pelo médico.

Se descoberta precocemente, a retinopatia pode ser controlada.  Em geral, são feitas pequenas aplicações de laser nos vasos comprometidos. Se a doença provocar hemorragia (casos mais sérios), será precise realizar uma cirurgia.

Blog Veja Para Sempre ico-livro